Para aceder, clique na imagem


Para aceder, clique na imagem


AS NOSSAS VIDAS NÃO VOLTARÃO A SER AS MESMAS!  

“A covid-19 entrou devagarinho nas nossas vidas e, em pouco tempo, colou-se-nos como uma segunda pele e passou a fazer parte da nossa identidade social e pessoal. Somos todos chamados a reflectir sobre esta circunstância, e sobre o modo como melhor a vamos superar. Só podemos fazer isso todos juntos!”

“Este período histórico vai ficar-nos para a vida, ainda que neste momento possamos não ter a distância suficiente para assim ver as coisas. As nossas vidas não voltarão a ser as mesmas!”

Leia ou releia o artigo de opinião, publicado no jornal Público, assinado por Margarida Gaspar de Matos, investigadora do Instituto de Saúde Ambiental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, onde coordenada o grupo de investigação Ambientes de Suporte.


CARPE DIEM  

“O combate atual ao coronavírus implicou uma séria restrição de ambientes. É, sem dúvida um momento difícil. Que contraria a natureza exploratória da espécie humana. Mas é também um momento oportuno (kairós, no grego antigo) para a construção de hábitos de saúde desejados pelo próprio.

Este retiro forçado permite-nos controlar o ambiente em que passamos a quase totalidade do tempo; podemos assim, mais facilmente, controlar o que comemos, o quanto comemos e quando comemos; permite-nos ajustar melhor os horários de sono; permite-nos criar rotinas de autocuidado (ler, ouvir música, etc.).”

Leia ou releia o artigo de opinião, publicado no jornal Observador, assinado por Osvaldo Santos, investigador do Instituto de Saúde Ambiental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e coordenador do Laboratório de Comportamentos de Saúde Ambiental.


FEMINA – FECUNDIDADE, IMIGRAÇÃO E ACULTURAÇÃO  

O estudo das relações entre imigração, aculturação e fecundidade é recente, existindo ainda lacunas, em particular quanto às condicionantes socioculturais da fecundidade. Face ao declínio da fecundidade em Portugal, associado às mudanças estruturais do país nas últimas décadas, e perante o reconhecimento da importância da imigração para o aumento da natalidade, o projeto FEMINA foi desenhado para avaliar os fatores complexos de ordem individual, social, cultural e económica que determinam as experiências e expectativas de saúde sexual e reprodutiva em famílias Cabo-verdianas e Portuguesas.

O projeto reúne a expertise de investigadores do CIES-IUL e do ISAMB-FMUL nas áreas das Migrações, Família e Desigualdades em Saúde, visando uma abordagem compreensiva e interseccional de uma SSR promotora de segurança e satisfação. Conheça a equipa de investigação e o projeto FEMINA mais em detalhe aqui e acompanhe-o através da página de Facebook.


A VERDADE DOS FACTOS: COVID-19 

Numa iniciativa da FDC Consulting, realizou-se no passado dia 18 de Março, na Ordem dos Médicos, um debate sobre a COVID-19, no qual um painel de especialistas analisou a actual situação epidemiológica da pandemia, as causas e as consequências do problema, os cuidados a ter no dia-a-dia e, ainda, os mecanismos que temos ao nosso dispor e a que podemos recorrer para nos precavermos.

Transmitido via streaming, neste debate, que foi visto por mais de 5800 pessoas, participaram Francisco Antunes, professor catedrático jubilado da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, especialista em doenças infecciosas e líder do grupo de investigação “Ambiente e Doenças Infecciosas” do Instituto de Saúde Ambiental, Filipe Froes, pneumologista e investigador, e ainda António Diniz, pneumologista e coordenador da Unidade de Imunodeficiência do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte. Os comentários finais ficaram a cargo de Miguel Guimarães, Bastonário da Ordem dos Médicos, e de Ana Paula Silva, Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos. A emissão ficará disponível em breve no Portal da Ordem dos Médicos.


MARIA JOÃO HEITOR É A NOVA PRESIDENTE DA SOCIEDADE PORTUGUESA DE PSIQUIATRIA E SAÚDE MENTAL 

A médica psiquiatra Maria João Heitor, actual directora do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental e directora do Serviço de Psiquiatria do Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, tomou recentemente posse como presidente da Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental.

Em declarações à justNews, a propósito da pandemia da COVID-19, a investigadora do Instituto de Saúde Ambiental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa considera que “estamos num período particularmente difícil, de incerteza, resultante de mais uma ameaça à saúde pública”, período esse que “coloca desafios físicos, pessoais, sociais e emocionais para os profissionais de saúde e o público em geral”. No entanto, lembra que a saúde mental “tem uma função que deve ser dirigida a diferentes alvos, nomeadamente na educação do público e no fortalecimento da resiliência pessoal dos profissionais da área da saúde”.


RISCO ELEVADO DE NOVOS SURTOS DE ZIKA E DENGUE EM CABO VERDE

Estudo mostra que são necessárias medidas de Saúde Pública que incidam numa gestão mais eficaz dos reservatórios de água para consumo doméstico, de modo a controlar a dispersão do mosquito Aedes aegypti e, assim, evitar que Cabo Verde volte a enfrentar novos surtos de Zika e dengue, mas também de febre-amarela e chikungunya.

Uma equipa de investigadores cabo-verdianos e portugueses avaliou, recentemente, a distribuição e a abundância do mosquito Ae. aegypti em nove ilhas habitadas do arquipélago de Cabo Verde. Os resultados do estudo confirmaram a presença do mosquito em todas as ilhas e, em 15 dos 22 municípios, o índice de Breteau – que estima a infestação por larvas de mosquito das habitações – apresentava-se acima do limiar do risco epidémico, chegando mesmo a atingir valores cerca de seis vezes superior nos municípios de Brava e Maio. Ler mais


KEEPING YOU POSTED

  • ISAMB Exploratory Conferences 2020
    Dadas as circunstâncias actuais, o ciclo de primavera 2020, coordenado por Paulo Navarro-Costa (ISAMB/FMUL e IGC), dedicado ao tema Arte, Ciência & Medicina, foi ADIADO sine die.