O projecto FEMINA (acrónimo para FErtility, MIgratioN and Acculturation) estuda as desigualdades de saúde sexual e reprodutiva e o seu impacto na fecundidade.

FEMINA (2018-2021) irá desenvolver uma abordagem multimétodo para explorar as diferentes componentes da saúde sexual e reprodutiva (práticas, identidades e percepções) do ponto de vista de homens, mulheres e peritos. Contempla três objectivos principais:

  1. Identificar os determinantes socioculturais da saúde sexual e reprodutiva em homens e mulheres em idade reprodutiva com naturalidade cabo-verdiana e portuguesa;
  2. Explorar e compreender a diversidade das suas experiências e expectativas de saúde sexual e reprodutiva considerando as singularidades das dinâmicas migratórias, sociais e familiares;
  3. Produzir recomendações de boas práticas para promover a cidadania e os direitos sexuais em Portugal

O ISAMB-FMUL (Linha de investigação Ambiente, Saúde Familiar e Sociedade) é parceiro do CIES-IUL neste projecto financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (PTDC/SOC-SOC/30025/2017). Violeta Alarcão (Investigadora Responsável), Ana Virgolino, Andreia Silva, Osvaldo Santos, Paulo Nogueira e Sofia Ribeiro são os investigadores do ISAMB-FMUL que integram a equipa multidisciplinar de investigação.