Ciclo de webinars: Não há longe nem distância

Ciclo de webinars: Não há longe nem distância

Uma pandemia! Por vezes, parece irreal. Outras vezes, surreal. Mas ela é bem real e, contra a nossa vontade, entrou impetuosamente nas nossas vidas, nas nossas casas, na nossa privacidade, obrigando-nos a alterar rotinas, dinâmicas familiares e pessoais. Desconcertados, cansados, esperançosos, optimistas, receosos, confusos, lá vamos tacteando “novos” modos de viver, para uns, e de sobreviver, para outros.

O ciclo de webinarsNão há longe nem distância“, organizado pelo Instituto de Saúde Ambiental (ISAMB) da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) e a Escola Básica n.º 1 do Feijó (Almada), contou com especialistas para ajudar pais e encarregados de educação, professores e educadores a entender o que é um vírus, o que é um coronavírus, como ele desafia o nosso organismo, o que a ciência tem feito, o que falta fazer, mas também para reflectir sobre os principais desafios que esta pandemia trouxe para as famílias, as crianças, a Escola, e partilhar estratégias possíveis que possam contribuir para aumentar a nossa resiliência perante estes tempos terríveis e, quem sabe, saírmos desta pandemia pessoas diferentes, mais saudáveis, mais felizes.

A primeira webinar realizou-se a 27 de Maio e teve como tema “Alimentação em tempos de pandemia“. Telma Nogueira, nutricionista e investigadora no Laboratório de Nutrição da FMUL, conduziu a sessão e revisitou as principais recomendações para a prática de uma alimentação adequada, neste novo contexto pandémico, e partilhou algumas estratégias para uma educação alimentar em casa. Osvaldo Santos, psicólogo clínico e da saúde, coordenador do Laboratório de Comportamentos de Saúde Ambiental do ISAMB/FMUL, na segunda webinar, realizada a 8 de Junho, abordou o tema “À procura de novos hábitos: das intenções a formas de ser e estar“. O ciclo encerrou no dia 19 de Junho, com uma webinar dedicada ao tema “A pandemia explicada em 4 actos“, conduzida pelo bioquímico Miguel Castanho, professor catedrático da FMUL e investigador principal do Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes, no qual lidera o Miguel Castanho Lab.

ISAMB/FMUL